Vendas da Chronopost crescem 11,5% até Setembro de 2017

Monday, November 6, 2017 - 14:43

As vendas da Chronopost aumentaram 11,5% nos primeiros 9 meses de 2017, em relação ao mesmo período do ano anterior. Considerando também os resultados da outra filial do DPDgroup em Portugal - a SEUR - o crescimento global das vendas do grupo francês é de 11% neste período, aumentando assim as suas previsões de vendas para 65,4 M€ em 2017. 

Os principais crescimentos da Chronopost face ao ano anterior foram na atividade Businessto-Commerce (B2C) - com 27% - e na oferta rodoviária para a Europa, o serviço Classic, com 26% de incremento.  

"Registamos com enorme satisfação que continuámos a crescer nos primeiros nove meses de 2017 e que a nossa aposta na inovação, no bem-estar dos nossos trabalhadores e num negócio orientado para o cliente tem sido bem-sucedida. Apesar de termos já alcançado a liderança do mercado, com mais de 19 milhões de encomendas transportadas e entregues este ano, que havíamos traçado como objetivo para 2020, queremos continuar a marcar a diferença e a inovar em todos os processos tecnológicos e da nossa oferta”, refere Olivier Establet, Presidente da Chronopost Portugal.  
 
A atividade B2C, que cresceu 27% até Setembro, marca a aposta da empresa numa estratégia diferenciadora e competitiva para o mercado do e-Commerce, nomeadamente através do serviço Predict. Este serviço disponibiliza agora uma nova opção para os destinatários, dando-lhes a escolher se preferem receber a sua encomenda no período da manhã ou da tarde, através de uma mensagem interactiva recebida na véspera da entrega.  

No caso do crescimento da oferta Classic, que assenta na rede rodoviária internacional do grupo, em muito contribuiu o serviço de entregas directas na rede Pickup da empresa, que conta já com 30.000 lojas na Europa. Esta rede está disponível para os clientes que exportem para o “velho continente”. A oferta Classic constitui a melhor relação entre o custo do serviço e o prazo de entrega, tornando-a no operador mais competitivo do mercado europeu.